DESENVOLVIMENTO DE MODELO GRÁFICO QUE APRESENTA A INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA DO PROCESSO DE CROMATIZAÇÃO NA ESPESSURA DA PELÍCULA CROMATIZADA OBTIDA NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS DE PRÉ-TRATAMENTO QUÍMICO PARA PINTURA ELETROSTÁTICA DE PERFIS DE ALUMÍNIO


Imagem

DESENVOLVIMENTO DE MODELO GRÁFICO QUE APRESENTA A INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA DO PROCESSO DE CROMATIZAÇÃO NA ESPESSURA DA PELÍCULA CROMATIZADA OBTIDA NOS PROCESSOS INDUSTRIAIS DE PRÉ-TRATAMENTO QUÍMICO PARA PINTURA ELETROSTÁTICA DE PERFIS DE ALUMÍNIO

Resumo

Para assegurar a eficiência da ancoragem do revestimento orgânico à base de poliéster no processo de pintura eletrostática do alumínio é necessário realizar processo preliminar de tratamento químico da superfície. Esse pré-tratamento tem a função de garantir a ancoragem adequada do poliéster propiciando durabilidade e desempenho ao processo de pintura e consequentemente do produto pintado na sua aplicação. O processo de pré-tratamento químico mais largamente utilizado é o processo de cromatização. O presente trabalho apresenta a elaboração do modelo gráfico desenvolvido para relacionar a espessura da camada cromatizada com a temperatura do banho de pré-tratamento.

Clique para ver o artigo completo

ESCRITÓRIO


FÁBRICA