PROCESSO DE ANODIZAÇÃO DO ALUMÍNIO E SUAS LIGAS – PARTE 2


Imagem

PROCESSO DE ANODIZAÇÃO DO ALUMÍNIO E SUAS LIGAS – PARTE 2

A segunda parte deste artigo contempla a etapa de anodização, evidenciando o mecanismo de formação de camada anódica e seu comportamento técnico.

5ª Etapa – Anodização Anodização é um processo eletrolítico ou eletroquímico (fig. 1), que promove a formação de uma camada controlada e uniforme de óxido na superfície do alumínio. A anodização pode ser explicada pela reação química:

4 Al + 3 O2 ➠ 2 Al2O3

Estrutura da Camada Anódica

A estrutura da camada anódica é constituída por células hexagonais, (Fig. 2), cada uma delas com um poro central. No fundo dos poros forma-se uma fina camada barreira, que separa o óxido em formação do alumínio. Essencialmente, o tamanho das células é determinado pela voltagem, enquanto a espessura da camada é determinada pelo número de Coulomb que passam através dela (relação corrente x tempo). As características da camada anódica dependem do tamanho e do volume dos poros e estão diretamente ligadas à remoção do calor gerado no processo…

Clique para ver o artigo completo

ESCRITÓRIO


FÁBRICA